Grão da Vida

O Grão da Vida é uma Instituição Social, que há 31 anos investe na Educação Infantil, a etapa de maior impacto na formação do indivíduo.

ᅠᅠNo ano de 1986 um grupo de cinquenta pessoas, formado por donas de casa, profissionais liberais e estudantes reunia-se semanalmente para estudar o Evangelho. Pensando em colocar em prática muito dos conceitos que discutiam para melhorar a vida das outras pessoas, o grupo decidiu que já era hora de realizar um trabalho social mais intenso e pôs as "mãos na massa". Com dinheiro do próprio bolso e doações de amigos, seus associados alugaram uma casa na Rua Capimirim, 152, no Brooklin Paulista, e ali abriram uma creche para atender 30 crianças, numa operação-relâmpago. “Não levou mais de um mês", conta Waldyr Pilli, economista e conselheiro da ONG, naquela época.
ᅠᅠBatizada inicialmente como Grupo Assistencial Nair Bozzi a instituição teve sua razão social alterada para Grão da Vida, objetivando o desenvolvimento e ampliação de suas atividades.
No ano de 1996 a instituição foi convidada pela Secretaria de Assistência Social do Município de São Paulo para firmar convênio e assumir um Centro de Educação Infantil em um prédio construído pela administração pública, especialmente para o atendimento de 160 crianças. Os anos seguintes foram de profundo aprendizado tendo em vista o aumento do número de atendidos e a elevação da complexidade do trabalho realizado, em uma instituição bem maior do que a inaugural.
ᅠᅠEm 2006 houve a reestruturação do projeto pedagógico, onde a nova proposta passa a enfatizar a CULTURA DA INFÂNCIA. O parque torna-se uma grande sala de aula, coletiva, onde diferentes faixas etárias convivem, junto às educadoras. As propostas oferecidas promovem diferentes tipos de aprendizagem, assim como a liberdade de escolha e autonomia. A Formação Continuada em Serviço possibilita e possibilitou a construção de um grupo de trabalho, pois é um espaço de muita troca e aprendizagem para todos. Com o passar dos anos as práticas modificadas foram sistematizadas em um modelo pedagógico e institucional aberto. Em 2013 a Secretaria de Educação novamente convida o Grão da Vida a assumir um novo Centro de Educação Infantil (CEI Marina Villares da Silva Novaes) com capacidade para atendimento de 150 crianças. Um novo desafio estava lançado: como implementar um modelo que considerávamos satisfatório? Seria possível? Ao final do primeiro ano de implementação os resultados de sucesso foram nítidos, as crianças responderam a esta nova forma de organização do cotidiano de maneira imediata, os mesmos resultados alcançados no CEI Manoel Bispo dos Santos tornaram a se repetir: diminuição dos conflitos interpessoais, maior disposição por parte das crianças a participarem de atividades formais de aprendizagem.

Vagas da ONG

Fotografe o Arraial

Estamos em busca de um fotógrafo para registrar nossa Festa Junina que ocorrerá em 16/06 (sábado) .

Horta Orgânica | Grajaú

O Grão da Vida cuida de duas creches na região da Zona Sul de São Paulo, ao todo são quase 300 crianças. Nossa ideia é cultivar uma horta orgânica.