Português para refugiados

Auxiliar, com o uso do Português, os refugiados a transmitirem suas necessidades em consultas médicas e na obtenção de documentos na polícia federal.

  • +72
76 inscritos

Sobre a vaga

Ensinar o idioma português para os solicitantes de refúgio e refugiados residentes na cidade de São Paulo.

Precisamos de um grupo grande de pessoas para ensinar português para grupos pequenos de refugiados (algo em torno de 2 a 4 pessoas).


Horários disponíveis

access_time3 Horas semanais


Realizado por Adus

Atuar em parceria refugiados e pessoas em situação análoga ao refúgio para sua reintegração à sociedade. Valorização e inserção socioeconômica e cultural.

Encerrada

76

Voluntários inscritos