Vaga Lume - Atados | Plataforma de Voluntariado
São Paulo, SP

Vaga Lume

Empoderar crianças de comunidades rurais da Amazônia a partir da leitura e da gestão de bibliotecas comunitárias como espaço para compartilhar saberes.

Sobre a ONG

A Vaga Lume é uma ONG que, desde 2001, desenvolve projetos de educação e cultura em mais de 90 comunidades de 22 municípios da Amazônia Legal brasileira. A organização trabalha com o propósito de empoderar crianças de comunidades rurais da Amazônia a partir da mediação de leitura e gestão de bibliotecas comunitárias como espaços para compartilhar saberes, criando oportunidades para intercâmbios culturais por meio da leitura, da escrita e da oralidade; e valorizando o protagonismo de pessoas e de comunidades rurais da Amazônia Legal Brasileira.

Assim, a partir dessa missão, a Vaga Lume desenvolveu e aprimorou uma metodologia de cinco principais estratégias, todas complementares e interdependentes: (1) doação de estrutura necessária para bibliotecas comunitárias (livros, estantes e esteiras); (2) formação de voluntários das comunidades rurais (principalmente professores, famílias e jovens) como mediadores de leitura e multiplicadores da metodologia; (3) incentivo à gestão comunitária, que se reverte no engajamento com a manutenção e funcionamento das bibliotecas, na organização de assembleias para debate sobre temáticas de interesse público, como educação e cidadania, entre outros; (4) busca pela valorização da cultura local por meio de rodas de histórias e da realização de oficinas para produção de livros artesanais; e (5) viabilização do intercâmbio cultural entre as comunidades rurais da Amazônia e cidades do Sudeste, e entre as próprias bibliotecas comunitárias contempladas pela Vaga Lume.

As três estratégias iniciais garantem a qualificação e a estruturação material do projeto: a doação da infraestrutura promove o acesso ao livro; a formação de voluntários qualifica esse acesso; e o incentivo à gestão local confere uma maior sustentabilidade à biblioteca. A valorização da cultura local e o intercâmbio cultural são as estratégias que garantem a sua continuidade e a maior incorporação da biblioteca como equipamentos comunitários, na medida em que cria espaços próprios para o enaltecimento de histórias e tradições e, portanto, viabiliza a valorização das experiências locais; e, ao mesmo tempo, proporciona uma expansão da visão de mundo que incentiva o respeito à diversidade e o apreço pelo diálogo como um meio de construção de conhecimento.

Atualmente, contamos com uma rede de 91 bibliotecas comunitárias em 22 municípios da Amazônia Legal brasileira. Desde 2001, já doamos mais de 120 mil novos livros de literatura de qualidade; formamos mais de 4,8 mil mediadores de leitura; e impactamos cerca de 100 mil crianças e jovens.