Instituto Flores

O Instituto Flores é uma organização sem fins lucrativos que trabalha pela reinserção de ex-detentas na sociedade.

O Instituto Flores é uma organização sem fins lucrativos que trabalha pela reinserção de ex-detentas na sociedade.

Nosso objetivo é construir com meninas e mulheres diferentes caminhos que levem à reinserção, ao protagonismo e à luta por direitos.

Para que esse sonho vire realidade, buscamos acolhe-las com cuidado e afeto, promovendo pertencimento e fortalecimento, a partir de trocas de experiências, valorização de seus saberes, resgate de autoestima, entre outros, concedendo uma atenção especial para o difícil momento do retorno à vida em sociedade.

Nossa proposta contempla igualmente um conjunto de ações visando o desenvolvimento pessoal de meninas e mulheres, sendo elas leituras, cursos, reflexão, descoberta de habilidades, desenvolvimento de capacidades a partir de formações em diversas áreas (arte, cultura, psicologia e profissionalização), inserção assistida no mercado de trabalho, via emprego formal ou empreendedorismo.

Proporcionamos também ações de esclarecimento, promoção de empatia e redução de preconceito de nossa causa junto à população, classes e organizações; aconselhamento e orientação jurídica às meninas e mulheres e suas famílias; bem como ações de capacitação e advocacy, influenciando políticas públicas em defesa de nossas causas junto às diversas instituições, nacionais, internacionais, públicas e privadas.

Vagas da ONG

Estágio Voluntário - Comunicação

O Instituto Flores está buscando estudantes voluntários(a) comprometidos(a) com nossa causa: ajudar a transformar a vida de mulheres em restrição de liberdade

Estágio Voluntário - Jornalismo

O Instituto Flores está buscando estudantes voluntários(a) comprometidos(a) com nossa causa: ajudar a transformar a vida de mulheres em restrição de liberdade

Estágio Voluntário - Serviço Social

O Instituto Flores está buscando estudantes voluntários(a) comprometidos(a) com nossa causa: ajudar a transformar a vida de mulheres em restrição de liberdade