Elissa Fichtler

Lutamos por reconhecimento e remuneração justa para catadores/as de materiais recicláveis. Utilizamos a arte como instrumento de transformação social.

ONG em revisãoplaceSão Paulo, SP
  • 1

    VAGAS CRIADAS
  • 19

    VOLUNTÁRIOS ENGAJADOS

Sobre a ONG

Pimp My Carroça: o catador é o protagonista

Um dos serviços públicos mais importantes do ecossistema urbano é realizado por um dos profissionais menos valorizados - é por isso que o Pimp My Carroça existe - pra tirar da invisibilidade quem já é protagonista

Cada brasileiro produz cerca de 380 kg de resíduos sólidos por ano. Desse total, apenas 13 kg são reciclados - 90% desse montante só passa pelo processo de reciclagem graças ao trabalho dos catadore/as do Brasil, uma função vital que não conta com o reconhecimento dos setores público e privado e nem sequer com a simpatia da sociedade - ou boa parte dela.

No meio de tanta negligência e descaso, o catador se destaca como um importantíssimo agente desse processo. O Pimp My Carroça sensibiliza a sociedade e o setor público para que eles deem a esses profissionais o respeito e a remuneração que eles merecem.

Para dar mais dignidade a esses trabalhadores, reformamos o seu principal instrumento de trabalho, fornecendo equipamentos de segurança - retrovisores, fitas refletivas e luvas de borracha, entre outros -, além de convidar um(a) artista para grafitar a carroça, ampliando a visibilidade de um ofício outrora invisível.

Até hoje, mais de 1.600 catadore/as foram atendidos, mobilizando cerca de 1.000 grafiteiro/as e aproximadamente 2.000 voluntário/as - além de 15 cooperativas que receberam mutirões de pintura e pequenos reparos. As ações do projeto foram replicadas em cerca de 50 cidades de 14 países diferentes.

Diversidade de demandas, diversidade de formatos

Edições Pimp My Carroça: Um grande evento colaborativo em espaço público que reúne catadores e voluntários de todos os tipos: funileiros reformam a carroça e artistas pintam o veículo enquanto médicos, cabeleireiros e outros profissionais atendem os catadores e familiares. São entregues kits de segurança e realizadas ações educativas e culturais.

Pimp Nossa Cooperativa: Ação que revitaliza cooperativas de reciclagem por meio da pintura de murais de graffiti e da marcação de sinalização de segurança no espaço. Os catadores e suas famílias participam de atividades culturais e formativas.

Pimpex: Uma mini-edição do evento Pimp My Carroça que qualquer pessoa pode realizar para 1 catador.

Desafio Pimp: Experiência imersiva em que as pessoas são convocadas a conhecerem o trabalho do catador na prática. Os participantes experimentem como é um dia na vida desses profissionais.

Ações Artivistas: Intervenções urbanas que utilizam a arte como ativismo para criar reflexões e otimizar o trabalho dos catadores. Em breve será lançada a obra Heróis Invisíveis, primeiro monumento público brasileiro em homenagem aos catadores.

Cataki: é um app que aumenta dois fatores: a renda dos catadores e os índices de reciclagem do Brasil. Ele permite ao usuário chamar diretamente o catador, sem intermediário: ele visualiza o perfil do profissional da reciclagem mais próximo e negocia a retirada e o pagamento pelo serviço.


Endereço

Rua Simão Álvares - Vila Madalena, São Paulo - SP, Brasil - nº 784 | casa 3

Voluntários

19 voluntários