Black Jaguar Foundation

Somos uma organização que atua na promoção da recuperação do Cerrado e da Amazônia, biomas brasileiros essenciais para o futuro das próximas gerações.

placeSão Paulo, SP
  • 2

    VAGAS CRIADAS
  • 38

    VOLUNTÁRIOS ENGAJADOS

Sobre a ONG

A Black Jaguar Foundation é uma organização que atua na promoção da restauração ecológica do Cerrado e da Amazônia, biomas brasileiros essenciais para o futuro das próximas gerações.

Criada em 2009, a BJF possui um único projeto: a construção do Corredor de Biodiversidade do Araguaia, o maior corredor de biodiversidade do mundo com 2.600 km de comprimento e 40 km de largura. Esse projeto poderá garantir a sobrevivência do Rio Araguaia, o qual já teve 80% da área de suas margens desmatada e corre o risco de secar até 2050 se nada for feito.

O projeto é ambicioso. O Corredor percorre uma área de 10,4 milhões de hectares, dos quais estima-se que 2 milhões deverão ser restaurados com 2,4 bilhões de árvores.

O Corredor será construído através do reflorestamento de áreas rurais protegidas por lei (ex. Reserva Legal e Áreas de Preservação Permanente) e sua posterior integração com os bolsões de floresta nativa remanescentes ao longo do Rio. Esse mosaico é capaz de garantir a sobrevivência da fauna e flora, além da manutenção de recursos naturais da região.

O papel da BJF é atuar como o catalisador da restauração florestal, estabelecendo parcerias com os proprietários rurais e fornecendo todos os itens necessários para a restauração, como a expertise técnica, os insumos, as mudas e as sementes.

Além disso, a BJF fomenta e coordena a relação entre propriedades parceiras e instituições que, com atividades complementares à restauração ecológica, contribuem para um mundo melhor (ex. desenvolvimento de comunidades locais, produção agrícola mais sustentável, pecuária de baixo carbono, etc.).

Se, por um lado, o projeto é ambicioso, por outro, ele é factível em razão da abordagem estratégica e estruturada da BJF aliada ao trabalho de parceiros técnicos de prestígio internacional. Iniciamos as atividades de restauro ao final de 2018, em um projeto piloto que já chegou a mais de 60 hectares. O próximo passo é a expansão em novas propriedades para atingirmos o primeiro milhão de árvores plantadas.


Endereço

Alameda Joaquim Eugênio de Lima, 187 - Bela Vista, São Paulo - SP, Brasil - Cj. 11

Voluntários

38 voluntários