São Paulo, SP

Instituto Estou Refugiado

Atuamos em duas frentes: 1. Dando voz, visibilidade e dignidade a refugiados; 2. buscando garantir a inserção formal de refugiados no mercado de trabalho.

Sobre a ONG

A ONG Estou Refugiado nasceu em 2015 a partir da percepção de que a questão dos refugiados estava encoberta por uma densa nuvem de desinformação e preconceito. Acreditávamos então, e estamos cada vez mais convencidos, de que era importante dar voz, visibilidade e dignidade a esses seres humanos, porque eles precisam de nosso apoio e compreensão.

Dois objetivos foram estabelecidos desde o primeiro dia:

1. Promover e incentivar a criação, o desenvolvimento e a disseminação de valores, ideias, propostas e conteúdos voltados para os problemas dos refugiados em todo o mundo, especialmente no Brasil, que combatam o preconceito e estimulem o processo de acolhimento de pessoas de fora do nosso país

2. Desenvolver e implementar ações concretas que garantam melhores condições de vida e maior dignidade para pessoas carentes com status de refugiado ou solicitantes de refúgio, como por exemplo ajudá-las a encontrar oportunidades de emprego ou iniciar novos negócios. Isso não só lhes permitiria sobreviver, mas também facilitaria o acesso a moradia e comida para si e para suas famílias.

Para atingir esses objetivos, trabalhamos principalmente em algumas áreas:

1. Estabelecemos uma forte presença digital, com um website / site móvel (www.estourefugiado.com.br), fanpages e perfis de mídias sociais, e ações virais. Alguns exemplos: www.facebook.com/estourefugiado/videos/718534824919794/ e www.facebook.com/estourefugiado/videos/782303165209626/

2. Funcionamos como uma espécie de “hub” de recursos humanos, orientando os refugiados na redação seus currículos profissionais, nas entrevistas de emprego e durante o período de experiência. Os empregadores também são ajudados, nas fases de recrutamento, seleção, experiência e até mesmo recolocação. Alguns exemplos: www.facebook.com/estourefugiado/videos/1082697915170148 / e www.facebook.com/estourefugiado/videos/1124602430979696/

3. Para tornar o trabalho da ONG ainda mais efetivo, foi criado um totem interativo, a "máquina de currículos”. É uma estrutura de madeira com cerca de 2 metros de altura, onde há um monitor que mostra uma sequência de fotografias de refugiados. As pessoas podem pressionar um grande botão na frente do monitor que interrompe a sequência de imagens e roda o vídeo testemunhal de um dos refugiados, escolhido aleatoriamente, imprimindo seu currículo ao final. Essa ação de “corpo a corpo” alcançou resultados impressionantes, tanto em termos das ofertas de emprego geradas como em termos de mídia espontânea – conquistamos uma reportagem de 8' no Jornal Nacional da TV Globo – e no fechamento de parcerias institucionais – o totem tem percorrido um circuito de prestigiados espaços culturais, como o Museu Imagem e Som, o TEDtalk, 33ª. Bienal de Arte de São Paulo, Itaú Cultural, Livraria Cultura, e diversas unidades do SESC. Eis um vídeo com a reportagem do Jornal Nacional: www.facebook.com/estourefugiado/videos/1128746787231927/